3 benefícios da manufatura digital que fazem parte da Indústria 4.0

A manufatura digital usa plataformas digitais para integrar dados de todos os processos da automação industrial, assim como todos os atores envolvidos neste ecossistema.

Hoje, já se conta com várias tecnologias digitais, tais como robotização, inspeção digital, drone, realidade aumentada, digital twins, modelagem 3D, simulações e análises, tudo para melhorar a produção, as cadeias de suprimentos e outras áreas associadas ao processo industrial com o objetivo de utilizar a inteligência no trabalho para transformação do negócio.

A manufatura digital é especialmente aplicável para projetar produtos, criar fábricas inteligentes e otimizar a cadeia de valor.

A revolução digital está rompendo as paredes da manufatura

Os líderes da indústria e acadêmicos concordam que as tecnologias de manufatura digital transformarão todos os elos da cadeia de valor da manufatura, de pesquisa e desenvolvimento, cadeia de suprimentos e operações de fábrica até marketing, vendas e serviços.

A conectividade digital entre designers, gerentes, trabalhadores, consumidores e ativos industriais físicos já desbloqueia um valor enorme, transformando o cenário de fabricação para sempre.

De fato, a necessidade de conexão de uma explosão de dados disponíveis, a incorporação de inteligência artificial e a capacitação de trabalhadores – junto com avanços em outras áreas, como IoT, automação, cloud, segurança, robótica, análises preditivas, tecnologia aditiva e interação homem-máquina – estão desencadeando inovações que estão mudando a natureza da própria manufatura.

Em vez de depender somente de processos físicos, as empresas estão cada vez mais recorrendo a modelos digitais. Separamos três benefícios desta transformação digital:

1.   Otimiza o ciclo de vida do produto

Os engenheiros podem usar softwares específicos para criar uma visão digital – essencialmente um protótipo ou réplica virtual – em vez de usar materiais como espuma ou metal para criar um físico.

Eles podem, então, estudar essa réplica digital para determinar como as condições do mundo real afetam as alterações propostas no projeto e, por sua vez, descobrirem possíveis falhas.

Por exemplo, uma representação digital do motor de um carro pode mostrar que certos componentes se desgastam mais rápido do que outros. Os técnicos podem estudar suas réplicas digitais para encontrar soluções para esses problemas.

2.   Ajuda a otimizar a cadeia de valor

Na prática, não é simples melhorar a cadeia de valor por sua complexidade. Porém, a manufatura digital pode ajudar na análise de toda a cadeia, uma vez que possibilita a integração de todos os dados contidos nela. Também possibilita a mitigação dos riscos físicos e financeiros através da experimentação de uma réplica digital.

Uma maneira disso funcionar é otimizar o projeto da fábrica. As empresas podem usar software de manufatura digital para criar representações virtuais de layouts de chão de fábrica e simular processos de produção.

Além disso, os técnicos podem descobrir gargalos potenciais, bem como causas de desperdício ou tempo de inatividade, antes mesmo que a fábrica seja construída.

Isso garante que a fábrica funcionará com eficiência quando estiver operacional. Os técnicos também podem usar representações digitais para experimentar diferentes métodos de produção, otimizando a utilização dos recursos financeiro, de infraestrutura e humanos.

Por exemplo, um gerente de fábrica pode testar um tipo diferente de máquina para comparar eficiência com a que está em uso atualmente. Neste caso, os técnicos podem criar uma representação digital da fábrica e simular esta troca de máquinas antigas por novas.

Assim, os técnicos estudam a simulação para ver como a nova máquina afetará a produção. Eles podem descobrir se uma nova máquina é a solução ou seria muito cara, muito perigosa ou muito lenta – utilizando o mínimo de recursos financeiros, sem colocar os trabalhadores em perigo e nem alterar a programação de produção.

3.   Habilita fábricas inteligentes

Mesmo estando no “estágio inicial” da chamada Indústria 4.0, as fábricas inteligentes podem utilizar inteligência artificial, robótica, análises, big data e IoT para trabalhar de forma bastante autônoma, inteligente e produtiva.

Elas são capazes de se autocorrigir e alertar os trabalhadores humanos quando ocorre um problema. Como as fábricas inteligentes possibilitam que seus colaboradores possam se concentrar em ações mais estratégicas, deixando tarefas mais repetitivas e operacionais para os robôs. Monitorando e analisando continuamente os dados de fábrica para identificar possíveis problemas da máquina, evita o tempo de inatividade e aumenta a qualidade e o rendimento.

Um ambiente de produção totalmente digitalizado possibilita uma perfeita integração entre todos os participantes da cadeia, permitindo que as instalações se comuniquem e colaborem, otimizando a monitoração e gestão dos recursos, melhorando a produtividade e contribuindo para a redução do custo de produção.

Muitas empresas começaram a fazer progressos reais e já colhem os frutos da utilização destas tecnologias e muitas outras já estão neste caminho. Uma coisa parece certa: com margens de lucro cada vez mais estreitas, e os consumidores exigindo produtos mais sofisticados e melhores serviços, a transformação digital é o caminho que pode levar as empresas ao sucesso.

Torne a 4ª revolução industrial uma realidade em suas operações com tecnologia IBM e aplicativos desenvolvidos pela MAGNASISTEMAS para resolver os maiores desafios de seu mercado.

Sobre a Magna Sistemas

A MAGNASISTEMAS é uma empresa de serviços, IBM Platinum Business Partner, que oferece soluções inovadoras baseadas em diferentes tecnologias para apoiar seus clientes na resolução de desafios de negócios.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de como a MAGNASISTEMAS, em parceria com a IBM, potencializa o uso dos dados com a IA e IoT para inovar o gerenciamento de ativos, otimizar bens imobiliários e instalações, aprimorar a engenharia de software e de sistemas, além de avançar a sua transformação digital.

A jornada para a Indústria 4.0

Se você ainda não criou um roteiro da Indústria 4.0, saiba que não está sozinho.

Em pesquisa realizada pela McKinsey, empresa de consultoria de gestão com sede nos Estados Unidos, descobriu que apenas 48% dos fabricantes se consideram prontos para a Indústria 4.0.

Definida como “a próxima fase na digitalização do setor de manufatura”, impulsionada pelo aumento considerável nos volumes de dados, poder computacional e conectividade, análise e inteligência de negócios, além de novas formas de interação homem-máquina, como interfaces de toque e sistemas de realidade aumentada e conexões em evolução entre os mundos digital e físico, incluindo robótica e impressão 3D.

Iniciando seu roteiro rumo à Indústria 4.0

De fato, os fabricantes ansiosos para colher os benefícios da Indústria 4.0, incluindo maior visibilidade e controle, redução de custos e produção mais eficiente e confiável, enfrentam a difícil tarefa de implementar novas tecnologias, treinar pessoal e mudar processos e procedimentos para mover suas empresas para o próximo nível.

Então, onde e como elas podem começar a criar seu roteiro da Indústria 4.0?

1.   Pesquise o seu cenário atual de tecnologia
Onde você e sua empresa estão agora?

Faça uma pesquisa de sua tecnologia atual e ambiente de automação para estabelecer seu ponto de partida e identifique quais sistemas e tecnologias você possui atualmente e que podem desempenhar um papel em seu futuro.

2.   Defina sua visão de futuro
Parte da razão pela qual a criação de um roteiro da Indústria 4.0 é tão difícil é que esse próximo estágio do processo de fabricação muda desde sua origem.

Você provavelmente não tem uma visão clara de como será a indústria 4.0 em seu mercado, e as tecnologias relacionadas ainda estão evoluindo. Mas dê o seu melhor para imaginar como a tecnologia está mudando seu setor.

Olhe para seus concorrentes, especialmente as maiores empresas e as mais inovadoras. Pesquise os fornecedores de tecnologia e leia sobre seus sucessos, especialmente em seu mercado e setores semelhantes.

3.   Comece com o básico
Praticamente todos os fabricantes possuem soluções de gestão para operações e gerenciamento financeiro, e sistemas apropriados de engenharia e design para estabelecer a presença digital básica que é a base da Indústria 4.0.

O primeiro passo no caminho para o futuro da Indústria 4.0 é garantir que os sistemas existentes sejam robustos o suficiente para crescer no novo mundo de dispositivos inteligentes conectados, big data, entre outras inovações.

4.   Abrace a nuvem
A maioria dos novos aplicativos está sendo desenvolvida para a nuvem, a plataforma preferida para conectividade e sistemas distribuídos.

Mover seus sistemas internos, como ERP e sistemas de execução de manufatura, para a nuvem libera sua equipe de TI para um trabalho mais valioso na construção de sua infraestrutura do Indústria 4.0 e implementação de novas tecnologias.

5.   Continue a construir seu plano
Você tem um plano básico, mas a tecnologia está evoluindo rapidamente . Você sem dúvida aprenderá muito ao implementar partes da solução nos próximos anos. Reveja continuamente esse plano e ajuste-o às novas necessidades e oportunidades.

Riscos de um roteiro inicial da Indústria 4.0

Esteja ciente de que existem dois desafios principais enfrentados atualmente pelos desenvolvedores e implementadores das instalações da  Indústria 4.0: segurança e padrões.

A segurança sempre será uma preocupação primária. À medida que cada nova tecnologia evolui, os cibercriminosos atacam e os times de segurança digital devem repelir continuamente essas intrusões e adaptar seus sistemas para um controle mais rígido.

Como a Indústria 4.0 é altamente dependente do compartilhamento e transferência de informações, a falta de padrões universalmente aceitos para formatos de dados, protocolos e similares continua a oferecer desafios.

Várias organizações estão trabalhando arduamente para desenvolver os padrões necessários e pressionar por uma aceitação geral. Embora isso ainda seja um trabalho em andamento, os implementadores continuam em risco de selecionar sistemas que podem não usar os protocolos que eventualmente surgem como padrões da indústria.

Sobre a MAGNASISTEMAS

A MAGNASISTEMAS é uma empresa de serviços, IBM Platinum Business Partner, que oferece soluções inovadoras baseadas em diferentes tecnologias para apoiar seus clientes na resolução de desafios de negócios.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de como a MAGNASISTEMAS, em parceria com a IBM, potencializa o uso dos dados com a IA e IoT para inovar o gerenciamento de ativos, otimizar bens imobiliários e instalações, aprimorar a engenharia de software e de sistemas, além de avançar a sua transformação digital.

Por que o conceito de fábrica inteligente é a chave para a Indústria 4.0?

O conceito de fábrica inteligente é cada vez mais discutido em relação ao setor industrial. Então, o que é exatamente uma fábrica inteligente e por que ela é importante para a Indústria 4.0 ?

Embora não haja uma definição oficial de fábrica inteligente, o termo geralmente é usado para designar uma instalação de produção altamente digitalizada e conectada. O conceito de fábrica inteligente é muitas vezes pensado como o resultado ou visão da quarta revolução industrial, ou Indústria 4.0.

O conceito de fábrica inteligente e tecnologia conectada

As fábricas inteligentes adotam o conceito de Digital twin (gêmeo digital), termo que representa um salto significativo na forma como empresas poderão desenvolver, avaliar e aprimorar os seus produtos, como base para a manufatura digital.

Máquinas de produção participam da fabricação com uso da conexão de rede local para receber ordens, relatórios de progresso, instruções de trabalho e interagir com os sistemas de qualidade e rastreabilidade.

Desta forma, os trabalhadores do chão de fábrica têm acesso imediato às programações, instruções, dados de qualidade, status de estoque e mudanças de demanda.

Além disso, toda a empresa, incluindo engenharia, vendas e marketing, executivos, serviço de campo, materiais e planejamento, contabilidade e até mesmo clientes e fornecedores, estão digitalmente conectados para monitorar necessidades e atividades, colaborar em toda a empresa e trabalhar em conjunto para aumentar a velocidade e eficiência.

As características definidoras da fábrica inteligente são visibilidade e conectividade

O uso extensivo de sensores e dispositivos industriais de internet das coisas (Industrial Internet of Things – IIoT) fornecem grande parte da tecnologia, enquanto análises cada vez mais sofisticadas e aplicativos inteligentes baseados em IA e aprendizado de máquina assumem grande parte das tarefas rotineiras de gerenciamento, permitindo que funcionários, gerentes e executivos se concentrem sobre como lidar com exceções e tomar decisões estratégicas e táticas sólidas.

Conforme a visão do conceito de Indústria 4.0 se desdobra, as expectativas são de que as fábricas inteligentes serão capazes de reduzir significativamente ou eliminar defeitos e tempo de inatividade não planejado, reduzir o desperdício e otimizar a produção e a eficiência.

Assim como a conexão e a comunicação em um relacionamento pessoal são as chaves para evitar problemas e criar novos comportamentos mais produtivos, o mesmo ocorre na esfera da fabricação inteligente.

No fundo, é exatamente disso que se trata a fábrica inteligente – criar conexão em serviço de grandes melhorias em como as coisas são feitas.

Com a fábrica inteligente, estamos falando sobre a miríade de processos, máquinas, pessoas e dados dos quais depende a criação de qualquer coisa – do produto mais simples à peça mais complexa do maquinário.

Também estamos falando sobre as tecnologias aparentemente infinitas que podem fazer parte do cenário da manufatura digital, incluindo design auxiliado por computador, a internet das coisas, robótica, impressão 3D e muito mais. Em outras palavras, a questão do que o termo fábrica inteligente realmente significa.

Conceito de fábrica inteligente para futuro da Indústria 4.0

Embora tudo isso possa soar como uma visão futurista incrível, as tecnologias necessárias para dar vida a esse conceito de fábrica inteligente estão disponíveis e em uso hoje, e um número crescente de companhias estão aproveitando os benefícios da fabricação digital e da Indústria 4.0.

A tecnologia continua a evoluir, é claro, e uma pegada mais ampla, integração mais estreita e mais automação certamente estão em andamento. Os principais desenvolvimentos em interfaces homem-máquina, incluindo melhores análises, realidade aumentada e tecnologia de voz, servirão para aproximar as pessoas, a fábrica e a cadeia de suprimentos em um futuro previsível.

Sobre a MAGNA SISTEMAS

A MAGNASISTEMAS é uma empresa de serviços, IBM Platinum Business Partner, que oferece soluções inovadoras baseadas em diferentes tecnologias para apoiar seus clientes na resolução de desafios de negócios.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de como a MAGNASISTEMAS, em parceria com a IBM, potencializa o uso dos dados com a IA e IoT para inovar o gerenciamento de ativos, otimizar bens imobiliários e instalações, aprimorar a engenharia de software e de sistemas, além de avançar a sua transformação digital.

IOT NA INDÚSTRIA 4.0 – IBM, INGRAM & MAGNA SISTEMAS. Participe!

No dia 24 de Setembro, a partir das 9h30, em parceria com a Ingram Micro & IBM, participaremos do evento IOT NA INDÚSTRIA 4.0.

E às 10:00, levaremos o case “Como IOT e a Solução IBM Maximo ajudam a tornar as cidades mais inteligentes, garantindo a correta aplicação de recursos”.

Participe desse evento e entenda mais a fundo como isso pode funcionar na prática.

Inscreva-se gratuitamente: https://bit.ly/3iXhSbX

 

 

Colaboração e produtividade nessa nova realidade!

Vivemos numa constante jornada em busca de inovação em diversas áreas e, recentemente, com a evolução da pandemia de COVID-19, muitas organizações foram desafiadas a levarem o mesmo engajamento do escritório para dentro das casas de todos os atores envolvidos nas suas operações. E, para isso, a comunicação que sempre foi muito importante, passou a receber ainda mais atenção.

No início do processo de transformação digital, um dos pilares mais importantes que contribuem para o sucesso dessa empreitada é o modo que times atuam em equipe, seja presencialmente ou quando estão em trabalho remoto. E assim, as soluções avançadas de colaboração, são o ponto de partida para o sucesso de qualquer companhia.

Para atender os desafios de gestão, criando processos mais transparentes e eficazes e, ao mesmo tempo, com total segurança com as informações sensíveis, ampliamos nossas ofertas de produtos e serviços, garantindo o aumento da produtividade e otimizando a comunicação entre funcionários, clientes e fornecedores com infraestrutura completa para ferramentas inteligentes de e-mail, chat, vídeo chamada, transmissões ao vivo e acompanhamento de fluxos de trabalho e projetos.

Com essas dessas tecnologias, será possível aprimorar o entendimento, planejar e executar ações com mais agilidade e integração, além de aperfeiçoar as tomadas de decisão.

Conte com a MAGNASISTEMAS para criar um ecossistema colaborativo no seu negócio à partir de soluções intuitivas e de alto valor agregado.

COVID-19: Plano Magna de retomada consciente

Desde o início de Março/2020, temos executado ações estratégicas, de acordo com a evolução da pandemia de COVID-19 em nosso país, sempre priorizando a saúde e segurança de todos.

Durante este tempo, desenvolvemos o PLANO MAGNA de retomada consciente, preparando nossas instalações para “o novo normal”. Seguindo todas as orientações dos principais órgãos de saúde à respeito do distanciamento mínimo entre as pessoas, higienização dos espaços coletivos e cuidados individuais.

Hoje, estamos felizes em anunciar, que nossa sede em SP, ficará disponível para aqueles que preferem retornar suas atividades no escritório, como forma de atender o bem-estar de todos.

Aqueles que preferem permanecer em “home office”, ainda poderão continuar trabalhando remotamente com todo suporte necessário.

Agradecemos o nosso Time, parceiros e clientes que, perto ou longe continuam acreditando e entregando projetos inovadores que facilitam e mudam a vida das pessoas, especialmente, nesses tempos difíceis.

Esperamos que todos estejam e continuem bem! Vamos juntos vencer esta batalha!

O autoatendimento aliado a inteligência artificial

As soluções de autoatendimento aliadas ao uso da inteligência artificial são muito importantes para otimizar o atendimento ao público ao entender suas necessidades rapidamente, esclarecer dúvidas e executar tarefas virtualmente. O Poupinha, atendente virtual do Poupatempo, é um case de sucesso no relacionamento com clientes.

O chatbot realiza milhares de atendimentos todos os dias e utiliza uma linguagem simples, que facilita o entendimento, e até mesmo chega a confundir alguns usuários que acreditam estarem falando com atendentes reais.

Recentemente, ele foi escolhido entre os melhores serviços de São Paulo, vencendo a categoria “Atendimento ao Cliente”, conforme pesquisa do Datafolha. E para nós, é motivo de orgulho fazer parte desse projeto, que constantemente é atualizado e ampliado para atender cada vez mais as necessidades do cidadão com conforto e poucos cliques.

Colaborador da MAGNA recebe o prêmio Microsoft MVP!

Parabéns, José Ahirton!

Há mais de duas décadas, a premiação Microsoft MVP (Most Value Professional) reconhece os líderes incríveis da comunidade Microsoft como uma forma de agradecimento a estes profissionais. É uma oportunidade única de celebrar, honrar e agradecer aos especialistas em tecnologia pelas contribuições relevantes para suas comunidades.

A premiação tem como objetivo agradecer profissionais que demonstram liderança e paixão por tecnologia e compartilham conhecimento na grande comunidade de desenvolvedores, seja através do suporte a outros técnicos, participações ativas em palestras e eventos ou posts em redes sociais e blogs.

Neste ano, José Ahirton Lopes, nosso colaborador que atua na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, foi premiado pela primeira vez como Microsoft MVP na categoria AI (Inteligência Artificial).

Fundador e co-organizador na AI Brasil, uma das maiores comunidades brasileiras voltada para a área de dados e Inteligência Artificial, e professor de MBA nos cursos de Inteligência Artificial, Engenharia de Dados e Computação em Nuvem na FIAP, o profissional da MAGNASISTEMAS tem atuado em projetos que envolvem: Algoritmos para Predição quanto a Evasão Escolar, Auto Organização e Funcionamento Autônomo de Veículos Aéreos Não Tripulados, Processamento de Linguagem Natural dentre outros tópicos.

Ahirton, parabéns pela conquista! Para a MAGNASISTEMAS é motivo de grande orgulho ter colaboradores que se destacam em suas áreas de atuações.

Veja mais em: https://mvp.microsoft.com/pt-br/

MAGNA SISTEMAS engajada nas ações contra a pandemia mundial

O recente surto do novo coronavírus (COVID-19) tem transformado rapidamente os cenários econômicos e sociais, e trazido algumas mudanças significativas no dia-a-dia de muitas pessoas no Brasil e no mundo.

O assunto é sério, merece atenção e planejamento para lidar com as dificuldades que ele gera.

Plano de contingência para garantir a continuidade de negócios

Na MAGNASISTEMAS um Comitê de Crise diariamente cria estratégias e trazem respostas rápidas para garantir o andamento de projetos, atendimento de clientes dentro do SLA proposto e continuidade nas atividades de cada setor sem que haja perda de eficiência.

Desde os primeiros efeitos do vírus no Brasil, este comitê vem monitorando constantemente a sua evolução e seguindo as recomendações da OMS, Ministério da Saúde e Secretarias Estaduais de Saúde para contribuir com a diminuição da pandemia, sempre priorizando a saúde e o bem-estar de seus Colaboradores, Clientes, Parceiros e Fornecedores.

As primeiras medidas adotadas nas unidades da Magna foram a restrição de reuniões presenciais e incentivo da comunicação remota, cancelamento da participação de colaboradores em eventos presenciais e instalação de dispensers para álcool gel em diferentes pontos dos escritório e orientações de prevenção.

Com tecnologia para garantir a proteção de dados e a segurança da informação, a área de TI correu, planejou e colocou no ar o home office dos quase 580 colaboradores que começaram a trabalhar na segurança de suas casas junto aos seus familiares, antes mesmo de iniciar o decreto de quarentena no estado de São Paulo.

RH humanizado = time de alta performance

Apesar da distância física, o cuidado e o gestão se mantém constantes. Através de boletins diários com informações de fontes seguras, ligações frequentes para monitorar o grupo de risco, pesquisas de acompanhamento da nova rotina, a área de Desenvolvimento Organizacional junto aos gestores orientam e colhem feedbacks dos colaboradores.

Com todas essas ações a MAGNASISTEMAS reforça o seu compromisso não apenas com seu time, clientes e parceiros, mas também com toda a população que busca soluções contra essa crise.

Cada um pode fazer sua parte

Se cada um fizer sua parte é possível diminuir impactos da pandemia. E, por isso listamos, alguns cuidados básicos para evitar a propagação do vírus. São eles:

Acompanhe os principais órgãos de saúde e siga as recomendações contra o coronavírus. A prevenção é sempre o melhor caminho!

Entrevistas em tempos de home office – 4 dicas!

Entrevistas online já estavam sendo bem utilizadas em empresas de diversos segmentos. Com o avanço da pandemia causada pelo COVID-19 e a necessidade de quarentena sugerida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), empresas que ainda não tinham essa cultura de realizar entrevistas online tiveram que se adequar rapidamente à esse novo cenário, assim como candidatos tiveram que se adaptar à essa nova forma de recrutamento.

Para aqueles que ainda não sabem como se preparar e participar de uma etapa de entrevista online, seguem algumas dicas para garantir uma boa participação e, quem sabe, conseguir passe livre para uma próxima etapa ou até mesmo a tão esperada: CONTRATAÇÃO!

DÊ ATENÇÃO AO AMBIENTE!

Escolha um ambiente tranquilo, onde não haverá interrupções. Se não houver esta possibilidade, no início da entrevista explique para o entrevistador qual ocorrência poderia lhe interromper, por exemplo: tenho um cachorro, ele pode latir em algum momento.

Prepare sua mesa com água, caderno para anotação e caneta (caso tenha esse habito). Garanta uma boa iluminação.

CHECK SEU EQUIPAMENTO !

Teste sua conexão, fone de ouvido, câmera. Ajuste sua câmera de forma que o entrevistador tenha uma boa visibilidade do seu rosto e procure deixar ela parada no mesmo lugar durante a conversa.

Feche todos os demais programas em seu computador, deixando apenas o Skype aberto. Assim que iniciar a conversa, confirme com o entrevistador, se a conexão está boa e se escuta com clareza.

PASSE UMA BOA IMPRESSÃO

Sente-se confortavelmente, como se estivesse em uma sala de entrevista. Procure vestir-se de forma apropriada para a função.

Lembre-se de desligar seu telefone celular, ou ativar o modo silencioso enquanto estiver em chamada com o entrevistador.

Quando estiver falando, olhe para a câmera (assim na tela do entrevistador você estará olhando para ele). Quando estiver ouvindo, olhe para a tela com a imagem do entrevistador. No começo parece estranho, mas você irá se acostumar rapidamente. 🙂

SEJA PONTUAL!

Você está em uma entrevista de emprego, mesmo que online e com mais praticidade, portanto, organize-se para garantir que você estará online no horário combinado com o entrevistador. Lembre-se: essa etapa é tão importante quanto uma etapa presencial, mantenha o foco na oportunidade, estude sobre a empresa e siga essas dicas!! Boa sorte!

Texto por:Karina Barão, Talent Acquisition da MAGNASISTEMAS.

Conte com a equipe de Talent Acquisition da MAGNASISTEMAS. Grande abraço!

Karina Barão
LinkedIn: linkedin.com/in/karinabarão
E-mail: kbarao@magnasistemas.com.br
WhatsApp: 11 99912-4623

Evanice Cavalcante
Linkedin: linkedin.com/in/evanicecavalcante
E-mail: esiqueira@magnasistemas.com.br
WhatsApp: 11 94163-1626

Sabrina Lana
LinkedIn: linkedin.com/in/sabrinalana
E-mail: slana@mangasistemas.com.br
WhatsApp: 11 99649-6032

 

Big Data e Internet das Coisas (IoT) – Conheçam duas das principais tecnologias da Indústria 4.0

Na era da informação e da transformação digital, a 4ª revolução na história da indústria,
também chamada de Indústria 4.0, é fundamentada em um conjunto de tecnologias que
permitem que máquinas e humanos trabalhem em perfeita sintonia, colaborando para uma
criação bilateral de uma produção mais ágil e eficiente, abrangendo ainda a preservação do
meio ambiente, sustentabilidade, economia de água e energia.

Conectando máquinas, sistemas e ativos, as empresas podem criar redes inteligentes ao longo
de toda a cadeia de valor, possibilitando a produção em módulos de forma autônoma e
controlada. Nascem assim as fábricas inteligentes, com independência e capacidade para se
adaptar aos requisitos e mudanças não planejadas na produção, para agendar manutenções e
prever falhas em processos e operações.

Internet das Coisas (IoT), Big Data, Inteligência Artificial, Manufatura Aditiva e Cloud
Computing são alguns dos pilares tecnológicos designados para sustentar a implantação da
revolução 4.0.

A Internet das Coisas permite a comunicação e interação entre máquinas e equipamentos de
uma planta industrial. Esta rede é capaz de reunir e transmitir dados com habilidade de
processamento e comunicação através da Internet, como controladores descentralizados.

Estes dispositivos dotados de sensores enviam informações sobre processos e seu próprio
desempenho para a base de dados, que pode estar localizada tanto em um servidor na planta
quanto em nuvem. A IoT pode ser definida como uma tendência de evolução dos sistemas
atuais de supervisão e controle do processo industrial centralizado (ex: SCADA).

Mas o que fazer com todo este volume de dados? Nunca antes na história da humanidade
houve tanto acesso a informações como agora. Milhões de dados são gerados diariamente por
máquinas, sistemas, sensores e até mesmo pelos próprios trabalhadores nas manufaturas.

Estes dados devem ser armazenados, analisados, organizados e protegidos. Através das
soluções de Big Data é possível assimilar este grande volume de dados (estruturados e não
estruturados) que ficam disponíveis na nuvem. A partir de uma seleção são extraídas
informações valiosas para conhecimento, cálculos, análises preditivas, insights e know how
sobre o cliente, aperfeiçoando relações.

Segundo levantamento da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a
estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria
para o conceito 4.0, será de no mínimo, R$ 73 bilhões/ano. Essa economia abrange ainda
ganhos de eficiência, redução nos custos de manutenção de máquinas e consumo de energia.

A Indústria 4.0 é uma tendência global que está começando a se difundir pelo Brasil, e quem se
antecipar nos desafios desta nova realidade com certeza irá potencializar seus impactos
positivos.

Para sair na frente de seus concorrentes, entre em contato e fale com um de nossos
especialistas!

Magna Sistemas – Conheça um dos maiores Business Partner da IBM no Brasil

Na medida em que a transformação digital avança, não basta apenas inovar, é necessário ir além para criar verdadeiras experiências de valor para cada negócio. Em um mundo cada vez mais digital, inovação é mais um requisito do que um diferencial.

Combinando visão de negócios, inovações tecnológicas e anos de experiência de mercado, a Magna Sistemas traz uma proposta de valor completa para ambientes corporativos: otimização de processos, aumento da produtividade, redução de custos, segurança e relacionamento com o cliente.

A missão da Magna é agregar valor com as melhores credenciais, que vão desde uma equipe qualificada e certificada em diversas tecnologias, até parcerias estratégicas com os maiores players do mercado. A Magna é considerada um dos maiores parceiros da IBM no Brasil, conquistando a categoria Platium. O sucesso desta parceria rendeu ainda um case referência
com SW IBM + serviços Magna.

Juntos, a Magna Sistemas e a IBM oferecem o melhor portfólio para o seu negócio:

Cloud – Controle o que a nuvem pode fazer por você;
Analytics – Obtenha maiores insights para inovar com maior rapidez;
Watson – Faça com que a potência da computação cognitiva trabalhe para você;
Watson customer engagement – Crie um relacionamento inteligente com clientes, parceiros e fornecedores;
Internet Of Things – Use a plataforma IoT líder para maximizar o valor de seus ativos conectados;
Collaboration – Capacite suas equipes para obter resultados mais rápidos com a colaboração inteligente.

Atuando há mais de 20 anos, a Magna vem colecionando casos de sucesso no Brasil Inteiro. Nossa equipe conta com mais de 500 colaboradores qualificados para entregar soluções digitais inovadoras e criativas que se destacam no mercado, sempre preservando o investimento de cada cliente.

Tamanho comprometimento garantiu diversos prêmios e importantes reconhecimentos nacionais e internacionais, como o prêmio de melhor parceiro IBM da ECM na América Latina, 3x eleito melhor parceiro de IBM Social Business da América Latina, prêmio de melhor parceria comercial da IBM em 2015, destaque 2018 no segmento de mercados integradores – médio porte, posição entre as 200 PMEs que mais crescem no Brasil e posição entre as 200 maiores empresas digital do país.

Conte com a Magna Sistemas para diferenciar seu negócio com as melhores soluções digitais. Entre em contato e fale com um de nossos especialistas!

DBA – Digital Business Automation

A transformação digital está se mostrando uma mudança cada vez mais iminente, visto que o
avanço tecnológico tem sido um grande aliado para facilitar o alcance de eficiência e agilidade nas
empresas, aumentando o faturamento e diminuindo custos.

Segundo estudo McKinsey Global Institute de 2017, mais de 30% das tarefas executadas, em 60%
de todas as posições de trabalho existentes no mundo hoje, podem ser automatizadas. Outro
estudo, realizado pela IBM, aponta que cerca de 63% do trabalho realizado nas empresas têm o
potencial de ser automatizado.

Uma pesquisa inédita desenvolvida em 2018 pelo Laboratório de Aprendizado de Máquina em
Finanças e Organizações da Universidade de Brasília (UnB) ainda aponta que até 2026, 54% dos
empregos formais do país poderão ser ocupados por robôs e programas de computador.

Este movimento chamado de Transformação Digital é uma jornada onde empresas aperfeiçoam
suas capacidades digitais para ganhar agilidade, reduzir erros e incrementar valor ao cliente,
gerenciando riscos e viabilizando novas formas de monetização.

Estas soluções digitais podem ser aplicadas em processos, produtos e ativos. Através da
suplementação de operações com trabalhadores digitais, softwares automatizam demandas que
eram executadas por humanos, atingindo maior receita por empregado se comparado aos
concorrentes tradicionais.

A Plataforma de Automação de Negócios Digitais da IBM é flexível e integrada, capaz de
automatizar aspectos importantes e distintos da operação. As capacidades robóticas são capazes
de suprir tarefas manuais, coordenação e arranjos, captura visual, conteúdo cognitivo e decisões
baseadas em regras. São elas:

Modelagem: portal colaborativo para construção da inteligência de processos na empresa;

Tarefas: automatização com bots (robôs) colocando fim em tarefas rotineiras, no copypaste de dados e nos erros causados pelo trabalho manual e repetitivo;

Conteúdos compartilhados e gerenciados: armazene, analise, colabore e pesquise de
forma segura e centralizada os conteúdos de negócio;

Businessflows: visibilidade de estrutura, fluxos de negócio gerenciados de ponta a ponta,
estruturados ou não, para melhorar a eficácia entre processos;

Decisões de negócios: centralize e automatize regras e políticas complexas, para ganhar
agilidade na tomada de decisão. Permite rápida adaptação a mudanças e gerenciamento
em tempo real;

Captura de dados: classificação e extração de dados de milhares de documentos com
qualidade e assertividade, usando recursos cognitivos;

Insights a partir da massa de dados gerada para monitoramento de desempenho,
aprendizado e recomendações cognitivas.

Quem resistir se mantendo nos moldes tradicionais terá um duro caminho pela frente para
alcançar os negócios digitais.

Fique por dentro desta transformação decisiva falando com um de nossos especialistas!