Um centro de controle eficiente é o primeiro passo para uma cidade inteligente

Um Centro de Controle Inteligente contribui para uma boa gestão pública e nos leva às primeiras iniciativas para a construção das Smart Cities

As previsões sobre o surgimento de cidades inteligentes estão ganhando impulso e se tornando realidade à medida em que a tecnologia avança e os governos se conscientizam da possibilidade de ampliar a qualidade de vida da população e do potencial de desenvolvimento humano.

Com a chegada destas cidades inteligentes, novos conceitos vêm surgindo e alguns paradigmas já consolidados já estão sendo quebrados em relação à gestão pública.

Hoje, podemos observar uma grande mudança em andamento, impactando várias cidadãos. Esse fenômeno acontece graças às novas Tecnologias, a Transformação Digital e novas Soluções para diversos problemas encontrados em cidades de diferentes tamanhos e perfis.

As cidades inteligentes são uma realidade

Imagine sensores identificando buracos, qualidade do ar, padrões de tráfego, vazamentos de água e uma série de outras questões municipais. Estes são exemplos típicos de soluções que fazem parte da realidade das cidades inteligentes.

Smart Cities consiste no uso de tecnologias de informação e comunicação para aumentar a eficiência operacional, compartilhar informações com a população e investir na qualidade dos serviços governamentais e o bem-estar dos cidadãos. Assim, o objetivo de uma Cidade Inteligente é otimizar as funções públicas e impulsionar o crescimento econômico, enquanto melhora a qualidade de vida usando tecnologia de ponta e análise de dados.

Além da oportunidade de construção de um novo ambiente, as cidades inteligentes nos levam a oportunidades com ganhos em eficiência estratégica, produtividade e otimização de investimentos.

Os gestores e responsáveis por áreas vitais em nossa sociedade já têm suas primeiras iniciativas para a construção de uma cidade inteligente, por exemplo, ao realizar ações como monitoramento da cidade, o que pode ser feito por meio de um Centro de Controle Inteligente.

Assim, o mais importante no uso de um centro de controle é a exibição dos dados de forma organizada, de acordo com as prioridades e estratégias da gestão, auxiliando nas decisões a serem tomadas em momentos críticos ou em situações que precisam de ações imediatas, as quais possam otimizar a relação entre a população e a cidade.

Iniciativas de uma cidade inteligente

Tecnologias emergentes como automação, aprendizado de máquina e Internet das Coisas (IoT) estão impulsionando a adoção das cidades inteligentes. As iniciativas voltadas às Smart Cities também visam monitorar e abordar preocupações ambientais, a exemplo de mudanças climáticas como a poluição do ar.

O saneamento também pode ser melhorado com tecnologia inteligente, usando lixeiras conectadas à Internet, que possuem sistemas de gerenciamento de frotas habilitados por IoT para a coleta e remoção de resíduos. Outras novidades são os sensores que medem os parâmetros de água com o intuito de garantir a qualidade da água potável, assim como a remoção adequada de águas residuais e sua drenagem.

A gestão estratégica e eficiente de toda essa estrutura está contando com inovações, a exemplo do Centros de Controle Inteligente (CCI). Os Centros de Controle minimizam incidentes em áreas importantes das cidades, com recursos voltados para visibilidade, centralização, organização, ações preventivas e intervenções pontuais.

CCI: monitoramento em tempo real é estratégico

Um Centro de Controle Inteligente pode ser usado para monitorar e analisar os fluxos operacionais com o objetivo de gerenciar e otimizar, em tempo real, áreas estratégicas, tais como trânsito, segurança, defesa civil, portos e aeroportos. Exibe em tempo real, dados relevantes em painéis personalizáveis exibidos em diferentes tipos de gráficos de acordo com a opção do gestor e pode ser aplicado em situações como:

1 – Gerenciamento de tráfego, controle de trânsito, gestão de semáforos e agentes de trânsito.
2 – Controle de operação terceirizada, garantindo acordos de níveis de serviços e reportando desvios da operação.
3 – Monitoramento de transporte público para garantir maior fluidez e segurança nos deslocamentos dos cidadãos.
4 – Gestão da manutenção e operação de ativos, mitigando riscos e otimizando a operação.
5 – Segurança para áreas com grande concentração de pessoas, veículos ou outros recursos móveis.
6 – Controle eficiente de cidades, órgãos, agências e lugares considerados estratégicos como aeroportos, portos, estádios, entre outros.

Para saber mais sobre como o Centro de Controle Inteligente pode ajudar no desenvolvimento de cidades inteligentes e na eficiência estratégica da gestão, acompanhe aqui no blog nossos artigos e novidades em tecnologia.

Compartilhar notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fale com um especialista

ENCONTRE-NOS

Endereço
Rua Capitão Antônio Rosa, 376 – 12º andar – CEP: 01443-900 – São Paulo – SP