DBA – Digital Business Automation

A transformação digital está se mostrando uma mudança cada vez mais iminente, visto que o
avanço tecnológico tem sido um grande aliado para facilitar o alcance de eficiência e agilidade nas
empresas, aumentando o faturamento e diminuindo custos.

Segundo estudo McKinsey Global Institute de 2017, mais de 30% das tarefas executadas, em 60%
de todas as posições de trabalho existentes no mundo hoje, podem ser automatizadas. Outro
estudo, realizado pela IBM, aponta que cerca de 63% do trabalho realizado nas empresas têm o
potencial de ser automatizado.

Uma pesquisa inédita desenvolvida em 2018 pelo Laboratório de Aprendizado de Máquina em
Finanças e Organizações da Universidade de Brasília (UnB) ainda aponta que até 2026, 54% dos
empregos formais do país poderão ser ocupados por robôs e programas de computador.

Este movimento chamado de Transformação Digital é uma jornada onde empresas aperfeiçoam
suas capacidades digitais para ganhar agilidade, reduzir erros e incrementar valor ao cliente,
gerenciando riscos e viabilizando novas formas de monetização.

Estas soluções digitais podem ser aplicadas em processos, produtos e ativos. Através da
suplementação de operações com trabalhadores digitais, softwares automatizam demandas que
eram executadas por humanos, atingindo maior receita por empregado se comparado aos
concorrentes tradicionais.

A Plataforma de Automação de Negócios Digitais da IBM é flexível e integrada, capaz de
automatizar aspectos importantes e distintos da operação. As capacidades robóticas são capazes
de suprir tarefas manuais, coordenação e arranjos, captura visual, conteúdo cognitivo e decisões
baseadas em regras. São elas:

Modelagem: portal colaborativo para construção da inteligência de processos na empresa;

Tarefas: automatização com bots (robôs) colocando fim em tarefas rotineiras, no copypaste de dados e nos erros causados pelo trabalho manual e repetitivo;

Conteúdos compartilhados e gerenciados: armazene, analise, colabore e pesquise de
forma segura e centralizada os conteúdos de negócio;

Businessflows: visibilidade de estrutura, fluxos de negócio gerenciados de ponta a ponta,
estruturados ou não, para melhorar a eficácia entre processos;

Decisões de negócios: centralize e automatize regras e políticas complexas, para ganhar
agilidade na tomada de decisão. Permite rápida adaptação a mudanças e gerenciamento
em tempo real;

Captura de dados: classificação e extração de dados de milhares de documentos com
qualidade e assertividade, usando recursos cognitivos;

Insights a partir da massa de dados gerada para monitoramento de desempenho,
aprendizado e recomendações cognitivas.

Quem resistir se mantendo nos moldes tradicionais terá um duro caminho pela frente para
alcançar os negócios digitais.

Fique por dentro desta transformação decisiva falando com um de nossos especialistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *