3 benefícios da manufatura digital que fazem parte da Indústria 4.0

A manufatura digital usa plataformas digitais para integrar dados de todos os processos da automação industrial, assim como todos os atores envolvidos neste ecossistema.

Hoje, já se conta com várias tecnologias digitais, tais como robotização, inspeção digital, drone, realidade aumentada, digital twins, modelagem 3D, simulações e análises, tudo para melhorar a produção, as cadeias de suprimentos e outras áreas associadas ao processo industrial com o objetivo de utilizar a inteligência no trabalho para transformação do negócio.

A manufatura digital é especialmente aplicável para projetar produtos, criar fábricas inteligentes e otimizar a cadeia de valor.

A revolução digital está rompendo as paredes da manufatura

Os líderes da indústria e acadêmicos concordam que as tecnologias de manufatura digital transformarão todos os elos da cadeia de valor da manufatura, de pesquisa e desenvolvimento, cadeia de suprimentos e operações de fábrica até marketing, vendas e serviços.

A conectividade digital entre designers, gerentes, trabalhadores, consumidores e ativos industriais físicos já desbloqueia um valor enorme, transformando o cenário de fabricação para sempre.

De fato, a necessidade de conexão de uma explosão de dados disponíveis, a incorporação de inteligência artificial e a capacitação de trabalhadores – junto com avanços em outras áreas, como IoT, automação, cloud, segurança, robótica, análises preditivas, tecnologia aditiva e interação homem-máquina – estão desencadeando inovações que estão mudando a natureza da própria manufatura.

Em vez de depender somente de processos físicos, as empresas estão cada vez mais recorrendo a modelos digitais. Separamos três benefícios desta transformação digital:

1.   Otimiza o ciclo de vida do produto

Os engenheiros podem usar softwares específicos para criar uma visão digital – essencialmente um protótipo ou réplica virtual – em vez de usar materiais como espuma ou metal para criar um físico.

Eles podem, então, estudar essa réplica digital para determinar como as condições do mundo real afetam as alterações propostas no projeto e, por sua vez, descobrirem possíveis falhas.

Por exemplo, uma representação digital do motor de um carro pode mostrar que certos componentes se desgastam mais rápido do que outros. Os técnicos podem estudar suas réplicas digitais para encontrar soluções para esses problemas.

2.   Ajuda a otimizar a cadeia de valor

Na prática, não é simples melhorar a cadeia de valor por sua complexidade. Porém, a manufatura digital pode ajudar na análise de toda a cadeia, uma vez que possibilita a integração de todos os dados contidos nela. Também possibilita a mitigação dos riscos físicos e financeiros através da experimentação de uma réplica digital.

Uma maneira disso funcionar é otimizar o projeto da fábrica. As empresas podem usar software de manufatura digital para criar representações virtuais de layouts de chão de fábrica e simular processos de produção.

Além disso, os técnicos podem descobrir gargalos potenciais, bem como causas de desperdício ou tempo de inatividade, antes mesmo que a fábrica seja construída.

Isso garante que a fábrica funcionará com eficiência quando estiver operacional. Os técnicos também podem usar representações digitais para experimentar diferentes métodos de produção, otimizando a utilização dos recursos financeiro, de infraestrutura e humanos.

Por exemplo, um gerente de fábrica pode testar um tipo diferente de máquina para comparar eficiência com a que está em uso atualmente. Neste caso, os técnicos podem criar uma representação digital da fábrica e simular esta troca de máquinas antigas por novas.

Assim, os técnicos estudam a simulação para ver como a nova máquina afetará a produção. Eles podem descobrir se uma nova máquina é a solução ou seria muito cara, muito perigosa ou muito lenta – utilizando o mínimo de recursos financeiros, sem colocar os trabalhadores em perigo e nem alterar a programação de produção.

3.   Habilita fábricas inteligentes

Mesmo estando no “estágio inicial” da chamada Indústria 4.0, as fábricas inteligentes podem utilizar inteligência artificial, robótica, análises, big data e IoT para trabalhar de forma bastante autônoma, inteligente e produtiva.

Elas são capazes de se autocorrigir e alertar os trabalhadores humanos quando ocorre um problema. Como as fábricas inteligentes possibilitam que seus colaboradores possam se concentrar em ações mais estratégicas, deixando tarefas mais repetitivas e operacionais para os robôs. Monitorando e analisando continuamente os dados de fábrica para identificar possíveis problemas da máquina, evita o tempo de inatividade e aumenta a qualidade e o rendimento.

Um ambiente de produção totalmente digitalizado possibilita uma perfeita integração entre todos os participantes da cadeia, permitindo que as instalações se comuniquem e colaborem, otimizando a monitoração e gestão dos recursos, melhorando a produtividade e contribuindo para a redução do custo de produção.

Muitas empresas começaram a fazer progressos reais e já colhem os frutos da utilização destas tecnologias e muitas outras já estão neste caminho. Uma coisa parece certa: com margens de lucro cada vez mais estreitas, e os consumidores exigindo produtos mais sofisticados e melhores serviços, a transformação digital é o caminho que pode levar as empresas ao sucesso.

Torne a 4ª revolução industrial uma realidade em suas operações com tecnologia IBM e aplicativos desenvolvidos pela MAGNASISTEMAS para resolver os maiores desafios de seu mercado.

Sobre a Magna Sistemas

A MAGNASISTEMAS é uma empresa de serviços, IBM Platinum Business Partner, que oferece soluções inovadoras baseadas em diferentes tecnologias para apoiar seus clientes na resolução de desafios de negócios.

Acompanhe nosso blog e fique por dentro de como a MAGNASISTEMAS, em parceria com a IBM, potencializa o uso dos dados com a IA e IoT para inovar o gerenciamento de ativos, otimizar bens imobiliários e instalações, aprimorar a engenharia de software e de sistemas, além de avançar a sua transformação digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *